Lucro líquido da Gol cai 69,3% no 1º tri e atinge R$ 232,7 mi

Já o lucro líquido depois da participação minoritária somou R$ 160,4 milhões nos primeiros três meses de 2017

São Paulo – A Gol registrou lucro líquido de R$ 232,7 milhões no primeiro trimestre de 2017, um recuo de 69,3% na comparação com os R$ 757,1 milhões contabilizados no mesmo intervalo de 2016.

A margem líquida piorou 19,1 pontos porcentuais (p.p.) entre os períodos, ficando em 8,8% entre janeiro e março deste ano.

Já o lucro líquido depois da participação minoritária somou R$ 160,4 milhões nos primeiros três meses de 2017, um recuo de 77,2% na base anual.

O resultado operacional (Ebit) da Gol ficou positivo em R$ 253,2 milhões no primeiro trimestre desse ano, uma queda de 42,1% em relação ao Ebit de R$ 437,2 milhões do mesmo período do ano passado. A margem Ebit ficou em 9,6%, uma retração de 6,5 p.p. em um ano.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 359,8 milhões de janeiro a março deste ano, cifra 34,8% menor que o Ebitda dos três primeiros meses de 2016. A margem Ebitda, por sua vez, diminuiu 6,7 p.p. entre os períodos, para 13,6%.

Já o Ebitdar (lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação, amortização e custos com leasing de aeronaves) somou R$ 601,3 milhões, queda de 31,3% na comparação com o primeiro trimestre de 2016 – a margem Ebitdar piorou 9,6 p.p. em um ano, para 22,7%.

De janeiro a março deste ano, a receita operacional líquida atingiu R$ 2,645 bilhões, queda de 2,5% contra igual intervalo de 2016.