Lucro líquido da Cielo sobe 13,8% no quarto trimestre

No ano de 2011, a empresa teve lucro líquido de 1,810 bilhão de reais, queda de 1 por cento ante 2010

São Paulo – A Cielo anunciou nesta quarta-feira lucro líquido de 504,5 milhões de reais no quarto trimestre de 2011, alta de 13,8 por cento em relação aos 443,3 milhões de reais registrados no mesmo período um ano antes, e o pagamento de 666,2 milhões de reais a acionistas.

No ano de 2011, a empresa teve lucro líquido de 1,810 bilhão de reais, queda de 1 por cento ante 2010.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve elevação de 7,9 por cento, para 654,5 milhões de reais no trimestre, segundo resultado da empresa processadora de transações com cartões de crédito e débito.

O volume financeiro de transações no que a empresa chama de “critério mercado”, que considera todo o crédito parcelado no momento da compra, foi de 95,1 bilhões de reais no quarto trimestre e de 320,4 bilhões de reais no ano passado, o que correspondeu, respectivamente, a aumentos de 25,9 por cento e a 22 por cento na comparação anual.

A receita operacional líquida teve elevação de 5,4 por cento no ano passado contra o ano anterior, para 4,209 bilhões de reais.

Ao mesmo tempo, a Cielo anunciou que pagará aos acionistas proventos na forma de dividendos e de juros sobre capital próprio.

Dos 666,2 milhões de reais, a empresa pagará 7,6 milhões de reais a título de juros sobre o capital próprio, cujo valor bruto corresponde a 0,013915989 real por ação, e 658,6 milhões de reais a título de dividendos, ou 1,209557997 real por ação.

Os valores serão pagos no dia 30 de março e as ações serão negociadas “ex-direitos” a partir do dia 16 de março.