Lucro do CME Group cai no 3º tri, mas supera estimativas

O lucro líquido caiu para US$ 218,9 milhões, ou US$ 0,66 por ação

O CME Group, maior operador de bolsa de futuros dos Estados Unidos, apresentou uma queda no lucro do terceiro trimestre, com investidores usando menos instrumentos financeiros, mas superou as expectativas de analistas em um centavo de dólar por ação diante de despesas abaixo do previsto.

O lucro líquido caiu para 218,9 milhões de dólares, ou 0,66 dólar por ação no trimestre, ante 315 milhões de dólares, ou 0,95 dólar por ação, há um ano, disse o CME na quinta-feira.

Excluindo itens extraordinários, o lucro ficou em 0,70 dólar por ação, melhor que o 0,69 dólar por ação esperado por analistas.

A receita caiu 22 por cento, para 683 milhões de dólares, frustrando a expectativa de Wall Street, que era de 693 milhões de dólares, diante do declínio de 26 por cento das negociações Com a queda no volume de transações, Phupinder Gill, que assumiu como presidente-executivo do CME em maio, está preparando o grupo para duas fontes de negócios potencialmente lucrativas: o mercado de swaps de balcão e a expansão internacional.

A CME já opera a Chicago Mercantile Exchange, a Chicago Board of Trade e a New York Mercantile Exchange.

As despesas de 287,2 milhões registrados no trimestre foram pouco menores que o esperado, disse o analista Ed Ditmire, da Macquarie Securities.