Lucro do BTG Pactual salta e receita é maior em todos os segmentos

O lucro líquido recorrente, excluindo itens extraordinários, atingiu 1,01 bilhão de reais, em linha com as expectativas de analistas

São Paulo — O Banco BTG Pactual*, maior banco de investimento da América Latina, divulgou nesta sexta-feira alta de 42% no lucro líquido do quarto trimestre, apoiado em crescente receita em todas as unidades de negócios.

O lucro líquido recorrente, excluindo itens extraordinários, atingiu 1,01 bilhão de reais, em linha com as expectativas de analistas, com as receitas subindo 61% na comparação anual, para 2,486 bilhões de reais.

Ganhos na mesa de operações, na divisão de banco de investimento, empréstimos corporativos e investimentos proprietários compensaram um aumento de 21% nas despesas operacionais, incluindo bônus aos funcionários.

O banco continuou expandindo sua carteira de crédito, com crescimento de 11,5% em relação ao trimestre anterior, para 43,8 bilhões de reais, ajudado por empréstimos fora do Brasil e para companhias de pequeno porte.

Em novembro, o BTG disse que planejava mais empréstimos no Chile e na Colômbia.

O banco reportou um retorno anualizado sobre patrimônio, uma medida de lucratividade, de 19,1%, ligeiramente abaixo do nível observado no trimestre anterior.

Os principais esforços do BTG agora estão concentrados em expandir a plataforma digital de investimentos para clientes, chamada BTG Pactual Digital. O banco espera tornar-se o sexto maior banco de varejo do Brasil em número de clientes.

*O BTG é o acionista controlador de EXAME