Lucro da Volkswagen sobe 273,6% no 2º trimestre

Total do lucro líquido da montadora foi de US$ 6,66 bilhões

Frankfurt – A montadora alemã Volkswagen informou hoje que seu lucro mais do que triplicou no segundo trimestre, com um forte aumento da demanda por seus carros e caminhões, principalmente em mercados emergentes. A companhia reiterou que deve registrar um volume recorde de vendas este ano. No segundo semestre, a montadora deve lançar um grande número de novos modelos, expandindo sua posição nos mercados globais.

No segundo trimestre, o lucro da Volkswagen subiu 273,6%, para 4,67 bilhões de euros (US$ 6,66 bilhões), de 1,25 bilhão de euros no mesmo período do ano passado. A receita avançou para 40,3 bilhões de euros, de 33,2 bilhões de euros. O lucro antes de impostos chegou a 6,01 bilhões de euros, de 1,92 bilhão de euros, enquanto o lucro operacional saltou para 3,17 bilhões de euros, de 1,99 bilhão de euros. No primeiro semestre, o lucro pós impostos subiu para 6,5 bilhões de euros, superando as previsões dos analistas, de 4,24 bilhões de euros.

Às 10h35 (horário de Brasília), as ações da Volkswagen operavam em queda de 5,47% na Bolsa de Frankfurt. Segundo analistas, apesar dos bons resultados, os investidores não estão satisfeitos com os números em linha com as previsões. Para Juergen Pieper, da Bankhaus Metzler, faltaram surpresas positivas.

O executivo-chefe da Volkswagen, Martin Winterkorn, disse este mês que a montadora deve vender 8 milhões de veículos este ano. Em 2010, a companhia aumentou suas vendas em 14%, chegando a 7,14 milhões de unidades, impulsionada por sua forte presença na China e em outros mercados emergentes. Entretanto, o executivo admitiu no começo do ano que o plano de uma cooperação no segmento de carros pequenos com a japonesa Suzuki e uma consequente expansão no mercado indiano estavam enfrentando dificuldades, devido a diferenças culturais. As informações são da Dow Jones.