Lucro da ThyssenKrupp recua com venda de ativo no Brasil

Em fevereiro, a ThyssenKrupp anunciou a venda da Companhia Siderúrgica do Atlântico, localizada no Rio de Janeiro, por € 1,26 bilhão

Frankfurt – O grupo industrial alemão ThyssenKrupp divulgou hoje que teve lucro líquido de 120 milhões de euros (US$ 140,86 milhões) no terceiro trimestre fiscal de 2017 (encerrado em junho), menor que o ganho de 130 milhões de euros apurado em igual período do ano anterior. Analistas previam lucro maior no último trimestre, de 193 milhões de euros.

O resultado foi afetado em parte pela venda de operações de siderurgia no Brasil. Em fevereiro, a ThyssenKrupp anunciou a venda da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), localizada no Rio de Janeiro, por 1,26 bilhão de euros.

A receita da ThyssenKrupp, por outro lado, subiu para 10,93 bilhões entre abril e junho, de 9,87 bilhões de euros um ano antes, superando levemente a projeção do mercado, que era de 10,69 bilhões de euros.

Por volta das 4h45 (de Brasília), as ações da ThyssenKrupp operavam em forte alta, de quase 4%, na Bolsa de Frankfurt.

A ThyssenKrupp também reiterou suas previsões para o ano fiscal, com a expectativa de que seu Ebit avance para 1,8 bilhão de euros. No terceiro trimestre fiscal, o Ebit somou 529 milhões de euros. Fonte: Dow Jones Newswires.