Lucro da Sonae Sierra vai a R$ 54,6 milhões no 2º trimestre

O montante é 13 vezes maior que o resultado do mesmo período do ano passado, que foi de R$ 3,9 milhões

São Paulo – A Sonae Sierra Brasil, dona de nove shopping centers no país, apresentou lucro líquido (atribuível aos acionistas) de R$ 54,6 milhões no segundo trimestre de 2017.

O montante é 13 vezes maior que o resultado do mesmo período do ano passado, que foi de R$ 3,9 milhões.

O crescimento também foi visto no acumulado do primeiro semestre, quando o lucro (atribuível aos acionistas) atingiu R$ 72,23 milhões, 3,2 vezes maior do que em igual intervalo do ano anterior.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 61,3 milhões no segundo trimestre, avanço de 15,5% na mesma base de comparação. A margem Ebitda cresceu 5,1 pontos, para 69,6%. No semestre, o Ebitda totalizou R$ 120,8 milhões, expansão de 3,1%.

A companhia também apresentou lucro operacional medido pelo FFO (lucro líquido excluindo depreciação, amortização e efeitos não caixa) de R$ 41,5 milhões no segundo trimestre, crescimento de 33,6%. No semestre, o FFO chegou a R$ 76,9 milhões, alta de 16,2%.

A receita líquida totalizou R$ 88,1 milhões no segundo trimestre, um aumento de 7,0%. No semestre, a receita atingiu R$ 173,2 milhões, alta de 4,4%.

A Sonae Sierra Brasil atribuiu a melhora da lucratividade ao melhor desempenho de todos os shoppings, marcados pelo aumento das vendas de lojistas e menores concessões de descontos, além de menores custos operacionais e despesas financeiras.

O resultado financeiro líquido entre abril e junho foi uma despesa líquida de R$ 12,1 milhões, queda de 20,4% na comparação anual, beneficiada pelo alívio das dívidas atreladas a índices de inflação e taxa básica de juros.