Lucro da Boeing cai no 3º tri, mas supera expectativas

Fabricante norte-americana divulgou queda de 6% no lucro líquido do terceiro trimestre, fechando em US$ 1,03 bilhão

Nova York – A fabricante norte-americana de aviões Boeing divulgou nesta quarta-feira que teve queda de 6% no lucro líquido do terceiro trimestre, que ficou em US$ 1,03 bilhão, ante US$ 1,1 bilhão em igual período do ano passado. O ganho por ação recuou na mesma comparação para US$ 1,35, de US$ 1,46. A receita cresceu 13%, para US$ 20,01 bilhões. A margem operacional caiu para 7,8%, de 9,7%.

Apesar da queda no lucro, atribuída a despesas maiores com pensões, o resultado superou as expectativas. Analistas consultados pela Thomson Reuters projetavam lucro por ação de US$ 1,13. A receita, por outro lado, ficou um pouco abaixo da estimativa média, de US$ 20,03 bilhões. Às 10h49 (de Brasília), as ações da Boeing subiam 2,57%, a US$ 74,69, no pré-mercado em Nova York.

A receita do negócio de aeronaves comerciais subiu 28%, para US$ 12,19 bilhões, sustentada pelo aumento no número de entregas, e os ganhos operacionais subiram 6%. Recentemente, a Boeing anunciou que as entregas de aeronaves aumentaram 17% no trimestre ante o mesmo período de 2011. Já a receita do segmento espacial e de defesa e segurança caiu 4%, para US$ 7,84 bilhões.

A Boeing também elevou suas projeções para este ano de lucro por ação para US$ 4,80 a US$ 4,95, de US$ 4,40 a US$ 4,60 anteriormente, e de receita, para um intervalo entre US$ 80,5 bilhões e US$ 82 bilhões, de uma faixa anterior de US$ 79,5 bilhões a US$ 81,5 bilhões. As informações são da Dow Jones.