Lucro da AngloGold Ashanti cai no segundo trimestre

O lucro líquido foi de US$ 287 milhões, de US$ 470 milhões no mesmo período do ano passado

Johanesburgo – A sul-africana AngloGold Ashanti, uma das maiores mineradoras de ouro do mundo, teve queda no lucro líquido para US$ 287 milhões no segundo trimestre deste ano, de US$ 470 milhões no mesmo período do ano passado. O lucro ajustado diminuiu para US$ 253 milhões, de US$ 342 milhões na mesma comparação.

A companhia anunciou no mês passado que produziu 1,073 milhão de onças-troy de ouro no segundo trimestre, uma alta de 9% sobre o primeiro trimestre e acima da previsão, a um custo em dinheiro entre US$ 840 e US$ 845 por onça-troy. Mas o volume foi menor do que o de 1,086 milhão de onças-troy produzido um ano antes.

A companhia manteve sua meta de produção neste ano entre 4,3 milhões de onças-troy e 4,4 milhões de onças-troy a um custo total em dinheiro de US$ 780 a US$ 805 por onça-troy. A produção no terceiro trimestre está projetada entre 1,07 milhão de onças-troy e 1,10 milhão de onças-troy a um custo total de US$ 835 a US$ 865 por onça-troy.

O preço recebido pelo ouro caiu 5% no trimestre, para US$ 1.607 por onça-troy, e a empresa prevê que o metal precioso vai operar acima de US$ 1.700 por onça-troy em algum momento neste ano. As informações são da Dow Jones.