Lucro da Ambev sobe 16% e chega a R$ 2,7 bilhões no 2º trimestre

No primeiro semestre, Ambev reportou um lucro líquido de R$ 5,474 bilhões, valor 10,9% acima do registrado no mesmo período de 2018

A Ambev registrou lucro líquido ajustado de R$ 2,712 bilhões no segundo trimestre de 2019, resultado 16,1% maior que os R$ 2,335 bilhões apurados em igual período no ano passado. Já o lucro líquido ajustado atribuído ao controlador foi de R$ 2,616 bilhões, alta de 16,8% na comparação anual.

Os resultados já contabilizam a adoção da norma contábil IFRS16, que altera a divulgação de arrendamentos. A Ambev decidiu pela adoção retrospectiva completa e reapresentou os saldos de 2018.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado do período subiu 0,4%, para R$ 4,691 bilhões. Já no critério orgânico, aplicando-se taxas de câmbio constantes, o Ebitda teve crescimento de 0,3%. A margem Ebitda ajustado passou para 38,6%, de 40,6% no segundo trimestre de 2018.

Entre abril e junho deste ano, a receita líquida da companhia somou R$ 12,145 bilhões, expansão de 5,5% na comparação anual. O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 567,4 milhões, 48,5% menor na base anual.

Primeiro semestre

Com isso, na primeira metade de 2019, a Ambev reportou um lucro líquido ajustado de R$ 5,474 bilhões, valor 10,9% acima do registrado em igual período de 2018. Já o Ebitda ajustado chegou a R$ 9,811 bilhões (+3,7% na base anual), enquanto a receita líquida atingiu R$ 24,785 bilhões (+7,1%).