Lucro ajustado do Citigroup recua com desaceleração em bônus

Lucro líquido do terceiro trimestre, ajustado para certos eventos, recuou para 3,26 bilhões de dólares, ou 1,02 dólar por ação

São Paulo – O Citigroup divulgou nesta terça-feira queda marginal no lucro ajustado do terceiro trimestre depois que decisão do Federal Reserve em continuar seu programa de compra de bônus por um período maior que o esperado desacelerou negócios de clientes.

O lucro líquido do terceiro trimestre, ajustado para certos eventos, recuou para 3,26 bilhões de dólares, ou 1,02 dólar por ação, ante 3,27 bilhões, ou 1,06 dólar por papel, informou o terceiro maior banco dos Estados Unidos.

Os ajustes excluíram uma perda no ano anterior relacionada à venda da participação do banco na corretora Morgan Stanley Smith Barney, bem como impacto de benefícios fiscais e mudanças no valor da dívida do Citigroup e de parceiros.

Considerando padrões contábeis normalmente aceitos, o lucro líquido subiu para 3,23 bilhões de dólares, ou 1 dólar por ação, ante 468 milhões, ou 0,15 dólar por papel, um ano antes.