Lockheed Martin dá férias forçadas a 3 mil funcionários

Empresa alerta que número de funcionários suspensos de suas funções deve aumentar a cada semana se o bloqueio em Washington pelo orçamento for prolongado

Nova York – O grupo de defesa norte-americano Lockheed Martin, um importante fornecedor do Pentágono, anunciou nesta sexta-feira que dará férias forçadas a 3.000 funcionários a partir de segunda-feira pela paralisia dos serviços públicos nos EUA.

Em um comunicado, a empresa alerta que o número de funcionários suspensos de suas funções deve aumentar a cada semana se o bloqueio em Washington pelo orçamento for prolongado.