LLX comunica rescisão do contrato com a Subsea 7

A empresa ia instalar uma unidade para fabricar e revestir dutos rígidos submarinos no Superporto do Açu

São Paulo – A LLX Logística informa que foi rescindido, sem perspectivas imediatas de renovação, o contrato com a Subsea 7 do Brasil Serviços para arrendamento de área no TX2 do Superporto do Açu visando à instalação de uma unidade para fabricação e revestimento de dutos rígidos submarinos de grande extensão utilizados na indústria offshore de petróleo e gás. O contrato foi objeto de fato relevante divulgado ao mercado em 28 de maio de 2012.

Com 8 milhões de m2 de área total, o TX2 possui 2,3 milhões de m2 para a instalação de indústrias de apoio offshore dos quais aproximadamente 500 mil m2 já estão alugados. Segundo a LLX, as obras de alguns dos clientes estão em estágio avançado e, já em 2013, devem entrar em operação.