Livraria Cultura compra site de livros Estante Virtual

A Livraria Cultura comemora 70 anos de negócio e inseriu a aquisição da Estante Virtual como mais uma meta cumprida de expansão de sua área de e-commerce.

São Paulo – A rede Livraria Cultura acaba de anunciar a aquisição da plataforma de compra e venda de livros novos, semiusados e usados Estante Virtual.

O marketplace online, que possui quatro milhões de clientes cadastrados e 17,5 milhões de livros já vendidos, agora é propriedade da Livraria Cultura.

A aquisição “vem ao encontro do atual movimento de expansão da Livraria Cultura, iniciado com a aquisição da Fnac no Brasil, em julho de 2017“, afirma a empresa em comunicado à imprensa. Há poucos meses, a Cultura também anunciou uma integração de vendas com a plataforma Mercado Livre.

“Criada em 2005 pelo empresário carioca André Garcia, a Estante Virtual inovou ao se apresentar no mercado como um portal de venda de livros novos, seminovos e usados – incluídos os raros e esgotados -, conectando de forma inédita sebos, livreiros e leitores de todas as regiões do país.”

No comunicado, Sergio Herz, CEO da Livraria Cultura e da Fnac Brasil, destacou como pontos afins entre a Cultura e a Estante Virtual a “bibliodiversidade”, a “cultura do reuso”, a “democratização do conhecimento” e o “foco em tecnologia e inovação.”

A Livraria Cultura comemora 70 anos de negócio e inseriu tal aquisição como mais uma meta cumprida de expansão de sua área de comércio eletrônico. A empresa projeta um aumento de mais de 60% nas transações online nos próximos dois anos. Vale lembrar que concorrentes como a Amazon já permitiam a venda de livros novos e usados por usuários em suas plataformas.

Veja também