Light e Landis+Gyr anunciam contrato de rede inteligente

As duas empresas fecharam acordo para criar no Rio de Janeiro o maior projeto de redes inteligentes da América do Sul

São Paulo – A Light e a australiana Landis+Gyr, pioneira mundial em gestão energética, anunciaram nesta quinta-feira a conclusão de um acordo para criar no Rio de Janeiro o maior projeto de redes inteligentes da América do Sul.

O contrato, no valor de R$ 750 milhões, “servirá para melhorar a eficácia e confiabilidade das redes públicas do Rio de Janeiro” e contempla a provisão, a implementação, o funcionamento e a manutenção das redes inteligentes, detalhou um comunicado conjunto das empresa.

O acordo contempla a implementação de 1,1 milhão de terminais, incluindo contadores avançados com funcionalidade antifraude e a automatização de centros de transformação subterrâneos e para conexões que tinha sido suspensas.

O contrato complementa o investimento de cerca de R$ 400 milhões realizado pela companhia para melhorar suas redes, como facilitar a adoção de veículos elétricos e tecnologias de geração solar e eólica.

“O objetivo da Light é oferecer uma rede elétrica inteligente a 1,6 milhão de consumidores, o que equivale a cerca de 40% de todos nossos consumidores, daqui a 2018”, afirmou no comunicado Paulo Roberto Pinto, presidente da empresa.

Já o diretor-geral da Landis+Gyr na América do Sul, Marcelo Machado, destacou que a aliança pioneira nesta parte do continente procura beneficiar, “em primeira mão”, os consumidores e é o primeiro passo da expansão rumo a outras cidades brasileiras e países da região.