Latam anuncia acordo com sindicato para término da greve no Chile

Representante da companhia aérea afirmou que alguns termos ainda estão em discussão com o sindicato, mas um acordo deve ser assinado em breve

Santiago do Chile – A companhia aérea Latam anunciou nesta terça-feira que chegou a um acordo com o Sindicato de Tripulantes de Cabine do Chile para que os trabalhadores encerrem a greve que começou há uma semana e que afetou mais de 1,1 mil voos e 200 mil passageiros.

Claudia Sender, vice-presidente de Clientes do grupo aéreo, confirmou o acordo com o sindicato, embora não tenha dado maiores detalhes da negociação e nem precisado quando os voos serão normalizados.

“Estamos todos trabalhando para poder voltar às atividades normais o mais rápido possível”, disse Sender à “T13 Rádio”.

A executiva afirmou que alguns detalhes ainda estão sendo discutidos e que nesta terça-feira, durante a tarde, deve ser assinado um “protocolo de acordo” com os pontos pactados com o sindicato.

O acordo entre a empresa e o sindicato foi fechado depois de uma extensa reunião na qual a Direção do Trabalho exerceu o papel de mediador.

O Sindicato de Tripulantes de Cabine da Lan Express exigia uma modificação do sistema de turnos para ter menos dias de trabalho e mais jornadas de descanso.

A maioria dos voos suspensos ou reprogramados pela greve faria rotas dentro do Chile, embora também foram afetados alguns itinerários na América do Sul.

A vice-presidente de Clientes da Latam pediu desculpas aos passageiros afetados e pediu que sigam as instruções de seus itinerários enquanto a situação é normalizada.