Kroton tem lucro líquido de R$ 318,7 mi no 1º trimestre, queda de 34,2%

Empresa de educação disse que o desempenho foi afetado por despesas financeiras e amortização do "intangível decorrentes da aquisição de Somos"

A Kroton Educacional divulgou nesta quarta-feira um recuo de 34,2% no lucro líquido ajustado consolidado do primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado, para 318,692 milhões de reais.

A empresa de educação disse que o desempenho foi afetado por despesas financeiras e amortização do “intangível decorrentes da aquisição de Somos”.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado atingiu 750,818 milhões de reais no período, alta de 12,5% ano a ano. A margem Ebitda, contudo, recuou 8,1 pontos percentuais, para 40,9%.

A receita líquida nos primeiros três meses do ano somou 1,837 bilhão de reais, acréscimo de 34,8%, refletindo a aquisição da Somos, de acordo com a empresa.

Ao fim de março, a Kroton contava com um total de 960,941 mil alunos, contra 856,197 mil estudantes no final de 2018 e 997,183 mil alunos no final de março de 2018.

A Kroton também divulgou estimativas para 2019, quando espera receita líquida de 7,353 bilhões de reais, Ebitda de 3,240 bilhões de reais, com margem Ebitda de 41,3 por cento, e lucro líquido ajustado de 1,348 bilhão de reais.