Kirin diz que pagou preço razoável por Schincariol

Segundo companhia, compra de 100% da cervejaria brasileira vai permitir à Kirin gerir com mais flexibilidade

São Paulo – A Kirin fechou ontem a compra do restante das ações da Schincariol por 2,3 bilhões de reais. o martelo foi batido com irmãos Gilberto, José Augusto e Daniela Schincariol, que detinham 49,54% das ações.

Segundo a companhia japonesa, o valor pago por 100% das ações da cervejaria brasileira, cerca de 6,2 bilhões de reais, é razoável perto do potencial de crescimento do mercado brasileiro de cerveja.

Em coletiva com a imprensa, nesta sexta-feira, Hirotake Kobayashi, diretor da cervejaria japonesa, afirmou que o recente acordo trará benefícios. “Acreditamos que o mais recente acordo vai nos permitir gerir com muita flexibilidade”, afirmou.

Ainda de acordo com ele, todos os membros da família Schin devem sair das operações da companhia.

Em agosto, Kirin comprou o controle  da cervejaria por aproximadamente 4 bilhões de reais. Foram mais de três meses, após muitos desacordos, para que a japonesa conseguisse o restante das ações e a totalidade da Schincariol.