Kia devolverá valor pago a mais por alta de IPI

Montadora decidiu devolver a quantia paga pelos consumidores depois da decisão do Supremo que adiou o aumento do imposto

São Paulo – Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender a cobrança imediata do aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros importados, a Kia anunciou hoje que irá ressarcir a diferença dos preços dos consumidores que chegaram a comprar o veículo com o preço mais alto devido ao aumento do imposto.

De acordo com a empresa, entre os dias 17 e 20 de outubro, 1.993 veículos foram faturados pela companhia com o novo IPI, mas, desse volume, apenas 42 unidades foram vendidas ao consumidor. Há uma semana, a Kia havia anunciado um aumento médio de 8,41% aos carros da marca, por conta da medida do governo que havia aumentado o IPI em 30 pontos porcentuais aos veículos importados. Com a suspensão da medida até o dia 15 de dezembro, a Kia retomará a tabela antiga nesse período.

Para os consumidores que compraram os carros com o aumento de preços, a Kia informou que eles deverão procurar as concessionárias.

A decisão do STF ocorreu ontem. Todos os ministros entenderam que o governo deveria ter determinado que a alta só valeria após noventa dias da publicação do decreto, ou seja, só deveria vigorar em 15 de dezembro deste ano. Eles também decidiram dar efeito retroativo à suspensão, desde a publicação do decreto.