Justiça suspende acionamento de seguro para outorga de Viracopos

A Triunfo e a UTC Engenharia, sócias na concessionária que administra Viracopos, decidiram no final de julho pela devolução da concessão

São Paulo – A Triunfo Participações informou nesta terça-feira que a Justiça do Distrito Federal concedeu liminar suspendendo acionamento de seguro para pagamento de outorga do aeroporto de Viracopos (SP).

A liminar foi concedida por juíza federal titular da 6ª Vara do Distrito Federal, informou a Triunfo em comunicado ao mercado.

A Triunfo e a UTC Engenharia, sócias na concessionária que administra Viracopos, decidiram no final de julho pela devolução da concessão em termos negociados com o governo federal.

A concessionária, que afirma já ter investido cerca de 3 bilhões de reais no novo terminal do aeroporto, afirma que houve frustração nas projeções de demanda, com impacto para a situação financeira e que o contrato de concessão deveria se reequilibrado.

Na semana passada, o secretário Especial da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Adalberto Vasconcelos, afirmou que à Reuters que o governo federal vai incluir no final do mês a relicitação de Viracopos.