JPMorgan tem lucro maior no segundo tri e supera estimativas

O lucro líquido do banco foi de 5,4 bilhões de dólares para o período

Nova York – O JPMorgan Chase divulgou nesta quinta-feira lucro líquido maior que o esperado pelo mercado para o segundo trimestre, apoiado em menores despesas hipotecas de alto risco e perdas com cartões de crédito.

O JPMorgan, primeiro banco dos Estados Unidos a divulgar resultados de segundo trimestre, apresentou lucro líquido de 5,4 bilhões de dólares para o período, ou 1,27 dólar por ação. Analistas de Wall Street esperavam, em média, ganho de 1,21 dólar por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S. Um ano antes o lucro havia sido de 4,8 bilhões de dólares.

O presidente-executivo do banco, Jamie Dimon, afirmou no balanço que custos com hipotecas caíram levemente. “Infelizmente, vai levar algum tempo para resolvermos essas questões e é possível que incorramos em custos adicionais ao longo do caminho.” Neste trimestre, o banco não teve de pagar um imposto britânico sobre bônus. No mesmo período do ano passado, o tributo reduziu o lucro em 550 milhões de dólares.

As ações do banco subiam 2 por cento no pregão eletrônico antes da abertura dos mercados.