Startup revoluciona mercado de indenizações com companhias aéreas através de serviço 100% digital

Problemas com seu voo? Extravio de bagagens, atraso ou cancelamento de voo, overbooking, no-show? Conheça a Reivindicar, empresa que está mudando a forma de prestar auxílio profissional para quem já teve qualquer tipo de transtorno com passagem aérea.

O Brasil é o segundo país com maior número de aeroportos no mundo, ficando atrás somente dos Estados Unidos. Diante desta estatística, já se tem uma ideia de que diariamente passam milhares de pessoas por cada um dos quase 2.500 aeroportos brasileiros, seja indo ou vindo. O tráfego aéreo é intenso, são muitas pessoas circulando, muitas bagagens sendo despachadas e muitos problemas que podem começar no check in.

 

São inúmeras situações a causar dor de cabeça aos passageiros. Algumas bem comuns, como atraso ou cancelamento de voos, perda ou extravio de bagagem, excesso de pessoas embarcadas, o famoso Overbooking, entre outros. Tentar resolver o problema se torna um caos, e após horas no aeroporto e compromissos cancelados, a grande maioria dos passageiros acaba por aceitar de forma passiva as condições impostas pelas companhias aéreas.

 

Com o propósito de lutar pelos direitos dos milhares de passageiros que se deslocam de avião e passam por situações indesejadas, foi criada a Reivindicar, uma Startup que tem como principal diferencial, agir de maneira extrajudicial de forma rápida e eficiente, evitando toda a burocracia que envolve um processo na justiça comum.

A startup tenta solucionar o caso de maneira extrajudicial, o que é mais amigável, menos demorado e, sobretudo, mais eficiente, o contratante não precisa sequer desembolsar algum valor, tudo é feito de maneira gratuita.

 

No caso da Reivindicar, o passageiro contrata os serviços e só paga a taxa de 30% sobre o valor recebido em caso de sucesso na mediação, ou seja, se não obtiver êxito, nada será devido à empresa. Os riscos são inteiramente suportados pela Startup que não para de crescer no Brasil, conta com o apoio de figuras importantes nas mídias digitais como o blogueiro e digital influencer Lucas Estevam do canal Estevam Pelo Mundo e o atleta bodybuilder Rafael Brandão, a empresa tem, inclusive, despertado o interesse de investidores estrangeiros que estão monitorando para futura aquisição.

 

Todo o serviço realizado pela Reivindicar acontece de maneira digital, trazendo mais comodidade aos clientes. A Startup recebe todas as informações através de seu site (www.reivindicar.com.br) e, após o formulário ser preenchido, é feita uma análise detalhada para identificar os casos que são passíveis de indenização. Se este é o seu caso, será redigido um contrato de prestação de serviços e terá início sua reivindicação. Simples assim.

 

Nas mediações que envolvem as companhias aéreas Latam, Iberia, United Airlines, American Airlines, TAP, a porcentagem de negociações com sucesso é de 97,5%, entretanto, algumas companhias aéreas como Passaredo e Avianca – que se encontram em fase de recuperação judicial – não utilizam o serviço de mediação. Isto obriga os passageiros insatisfeitos a levarem o caso para a justiça comum e buscarem o auxílio de um advogado de sua confiança.

 

Saiba o que você deve fazer em caso de problemas com seu voo:

 

1-     Registre tudo:

 

Guarde tudo o que puder relacionado ao voo e ao problema. Passagens, cartões de embarque, fotos do painel de embarque com aviso de atraso, comprovantes de gastos extras referentes à situações de dano material. Se você iria a uma viagem de trabalho ou lazer e perdeu passeios, diária de hotel, curso, concurso, reunião de negócios, etc, documente tudo o que gerou prejuízo.

 

2-     Acesse o site da Reivindicar e Preencha o formulário;

 

Acesse: O site da Reivindicar, www.reivindicar.com.br , e preencha o formulário que consta no corpo do site, confira se seus dados estão preenchidos corretamente e aguarde.

 

3-     Aguarde o contato da empresa

 

Caso seu problema seja passível de receber algum valor de indenização a Startup entrará em contato em até 72hrs, solicitando sua documentação e assinatura do contrato de prestação de serviços.

 

Após isso só aguardar o resultado da mediação com a cia. aérea e receber sua indenização no conforto de seu lar. Sem burocracia, sem dores de cabeça