Jair Francisco Pó: tecnologia desenvolvida para regulação leva resultados positivos também no Corujão da Saúde, em SP

Para Jair Francisco Pó, experiência com o programa é exitosas

Com mais de 200 mil agendamentos feitos e cerca de 115 mil exames diagnósticos realizados, o programa Corujão da Saúde, em São Paulo, já está na terceira fase e foi expandido para outras regiões do Estado. A otimização dos fluxos de agendamento só foi possível graças ao sistema informatizado, desenvolvido pela Duosystem, para Central de Regulação e Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS), que operacionaliza as ações de regulação da Secretaria de Estado de Saúde de SP. “A tecnologia tem mostrado resultados de acordo com nossas expectativas”, afirma um dos diretores-presidentes da companhia, Jair Francisco Pó.

Segundo ele, a tecnologia desenvolvida para CROSS foi pensada exclusivamente para auxiliar diariamente os órgãos na melhor tomada de decisão na distribuição de recursos disponíveis para a assistência à população. Vale ressaltar que os atendimentos extras do “Corujão” estão em andamento desde fevereiro deste ano, em hospitais e Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) da rede própria de saúde, por meio da otimização dos serviços e fluxos de agendamento.

Dentro deste contexto, cabe salientar que o sistema informatizado de regulação da Duosystem possibilita à CROSS, a intermediação da marcação anual de 10 milhões de consultas médicas, 6,9 milhões de exames, mais de 1 milhão de internações e 524,8 mil regulações de urgência e emergência. A base de dados é de 25 milhões de pacientes: mais da metade da população de São Paulo.

Como funciona:

O Corujão da Saúde realiza exames em horários alternativos, tanto por meio de hospitais privados contratados quanto por unidades da rede própria estadual – hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades). Os pacientes são comunicados sobre data e horários dos exames pela equipe da CROSS.

A primeira fase do programa foi implantada nas regiões da Grande São Paulo, Campinas e Vale do Paraíba e os exames foram realizados em unidades referência como o Sírio Libanês, HCor e Albert Einstein, além da expansão da agenda nos serviços próprios do Governo do Estado, como hospitais estaduais e Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs).

Na segunda etapa, anunciada em abril deste ano, o Corujão da Saúde foi expandido para as regiões da Baixada Santista, São José do Rio Preto, Bauru e Presidente Prudente.

Na terceira, lançada em junho, o programa começou a atender pacientes das regiões de Araçatuba, Araraquara, Barretos, Franca, Marília, Piracicaba, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e Sorocaba. Com isso, todas as regionais de saúde do Estado foram cobertas pelo programa.

A empresa:

Os serviços tecnológicos oferecidos pela Duosystem têm o objetivo de oferecer mais inteligência no processo de regulação de urgências, internações, exames, consultas e procedimentos em São Paulo e em outros Estados do Brasil. “Para nós, é uma grande experiência fazer parte de um programa como o ‘Corujão da Saúde’”, diz Jair Francisco Pó.