JP Morgan compra a Gávea, de Armínio Fraga

Pelo acordo, ex-presidente do Banco Central ficará à frente da Gávea por cinco anos

São Paulo – De acordo com a coluna do Lauro Jardim na Veja.com, depois de mais de seis meses de negociação, o JP Morgan anuncia amanhã em Nova York a compra da Gávea Investimentos.

A empresa de gestão de recursos foi criada há sete anos por Armínio Fraga, logo depois dele deixar a presidência do Banco Central.

Pelo acordo, Armínio ficará à frente da Gávea por cinco anos. Durante o período, ele não poderá ocupar cargo público – ou seja, não poderá aceitar um eventual convite para o Ministério da Fazenda na hispótese de um governo Serra.