Jornal japonês Nikkei compra parte da revista Monocle

O acordo selado entre o grupo Nikkei e o Winkontent AG, proprietária da "Monocle", prevê parceria para compartilhar suas redes de correspondentes no mundo todo

Tóquio – O jornal japonês “Nikkei” anunciou nesta quarta-feira um acordo de investimento com a editora da revista britânica de tendências e estilo “Monocle”, uma operação com a qual ambas as publicações pretendem aumentar sua base de leitores em nível mundial.

O acordo selado entre o grupo Nikkei e o Winkontent AG, proprietária da “Monocle”, prevê uma “ampla parceria” centrada em compartilhar suas redes de correspondentes no mundo todo e outros recursos editoriais, segundo informou a companhia em comunicado.

“A “Monocle” cresceu rapidamente até conseguir uma sólida base de leitores no mundo todo, e através desta associação o grupo Nikkei também poderá aumentar seu alcance global”, afirmou Tsuneo Kita, diretor-executivo da empresa japonesa.

O diretor e editor-chefe da “Monocle”, Tyler Brûlé, assinalou que o acordo permitirá “reforçar a cobertura” de sua revista em várias regiões do mundo graças à ampla rede de correspondentes do “Nikkei”, e apoiar a expansão do jornal japonês através dos canais de distribuição da revista britânica.

Esta publicação mensal com sede em Londres começou a ser editada em 2007, e atualmente conta com cerca de 70 mil leitores e com redações em Nova York, Zurique, Toronto, Istambul, Hong Kong e Tóquio.

O grupo Nikkei foi fundado em 1876 em Tóquio, e edita o periódico financeiro com maior tiragem do mundo, o “Nihon Keizai Shimbun” (“Nikkei”), com 2,7 milhões de exemplares diários, assim como com outras publicações em inglês e outros idiomas, emissoras de rádio e redes de televisão.

O grupo conta com um elenco de 1.300 jornalistas distribuídos em 54 redações no Japão e outras 36 espalhadas por todo o mundo.