Jimmy Iovine vai deixar a Apple Music em agosto, diz Billboard

Iovine é mais conhecido por ser cofundador da Interscope Records, uma pioneira gravadora de rap

O magnata da música Jimmy Iovine supostamente irá deixar o serviço de streaming de música da Apple em agosto, relatou na quinta-feira a revista Billboard, citando diversas fontes não identificadas e o site da indústria musical Hits Daily Double.

Iovine é mais conhecido por ser cofundador da Interscope Records, uma pioneira gravadora de rap que se ramificou para incluir artistas como Lady Gaga e U2.

A saída de Iovine é provavelmente ligada às suas ações que tem da Apple, de acordo com a reportagem da Billboard, que seguiu um relato inicial da seção “moinho de rumores” do Hits Daily Double.

O ex-CEO da Interscope se juntou à Apple em 2014 após a fabricante do iPhone comprar a Beats Electronics, companhia de áudio cofundada pelo influente produtor de hip-hop Dr. Dre e Iovine, por 3 bilhões de dólares.

A Apple se negou a comentar. A companhia informou à Billboard em setembro que possuía 30 milhões de assinantes no Apple Music.