JBS tem prejuízo líquido de R$133,5 mi no 3º trimestre

A maior processadora de carne do mundo anunciou nesta terça-feira perdas de R$ 133,5 mi entre julho e setembro, ante lucro de R$ 323 mi um ano antes

São Paulo – A JBS teve prejuízo no terceiro trimestre, uma vez que efeitos cambiais e da adesão a um programa de incentivo fiscal ofuscaram o aumento das receitas no período.

A maior processadora de carne do mundo anunciou nesta terça-feira que teve prejuízo líquido de 133,5 milhões de reais entre julho e setembro, ante lucro de 323 milhões no mesmo período de 2017.

A receita líquida somou 49,4 bilhões de reais, alta de 20,1 por cento ante mesma etapa de 2017, com destaque das operações no Brasil, que tiveram expansão de 37,2 por cento.

Já o resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado, cresceu 2,6 por cento ano a ano, para 4,43 bilhões de reais. A margem Ebitda caiu 1,5 ponto percentual, para 9 por cento.

Analistas, em média, esperavam para a JBS prejuízo líquido de cerca de 906 milhões de reais e Ebitda de cerca de 4 bilhões de reais, segundo dados da Refinitiv.

No fim de setembro, a dívida líquida da companhia somava 49,5 bilhões de reais. Embora fosse cerca de 4 bilhões de reais superior em 12 meses, a alavancagem medida pela relação dívida/Ebitda caiu de 3,42 para 3,38 vezes no período quando medida em reais. Em dólares, a relação caiu de 3,45 para 2,99 vezes.

(Por Aluísio Pereira)