JBS faz recall de carne por possível contaminação com plástico nos EUA

O problema foi detectado depois que consumidores reclamaram que encontraram pedaços de plástico verde no meio da carne

A JBS irá fazer um recall de 43,3 mil libras, quase 19 toneladas, de carne moída nos Estados Unidos. O motivo é uma possível contaminação de plástico, de acordo com o Serviço de Inspeção de Segurança Alimentar do departamento de Agricultura dos EUA (FSIS).

Os produtos de carne moída foram produzidos no dia 20 de março e foram enviados a supermercados e varejistas em Michigan e Wisconsin. O serviço listou em seu site todos os lotes que sofrerão o recall.

O problema foi detectado depois que um estabelecimento recebeu duas reclamações de consumidores, que encontraram pedaços de plástico verde no meio da carne. Não houve nenhum relato confirmado de reações adversas por conta do consumo desses produtos.

A JBS informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que foi pró-ativa no recolhimento do lote em função da reclamação de consumidores.

Esse é o terceiro recall da JBS no país nos últimos meses. Em outubro, recolheu 6,9 milhões de libras, ou 3 mil toneladas, de carnes cruas de vários tipos por possível contaminação de salmonella. Em dezembro, a empresa ampliou o recall para mais 12 milhões de libras, ou 5,5 mil toneladas, de carne crua pelo mesmo motivo.

O problema é um golpe na trajetória de recuperação da fabricante de alimentos, depois que a família Batista, dona da controladora J&F, foi envolvida em escândalo de corrupção. Em março, o ex-presidente Michel Temer virou réu pelo suposto crime de corrupção passiva no caso envolvendo a mala de R$ 500 mil da JBS.

O último resultado da companhia veio positivo. A JBS reverteu o prejuízo de R$ 451,7 milhões registrado no quarto trimestre de 2017 para lucro líquido de R$ 563,2 milhões em igual período de 2018. No terceiro trimestre do ano passado, a companhia também havia reportado prejuízo líquido na casa dos R$ 133,5 milhões. A companhia conseguiu reduzir sua dívida e aumentar a receita. No acumulado de 2018, porém, no lucro líquido reportado caiu 95,3% ante 2017, para R$ 25,2 milhões.