JBS é autorizada a comprar Tyson Foods México

Autoridades do país deram sinal verde à aquisição das atividades avícolas da Tyson Foods no México pela Pilgrim Pride, da JBS

Rio de Janeiro – As autoridades mexicanas sobre concorrência deram sinal verde à aquisição das atividades avícolas da Tyson Foods no país pela norte-americana Pilgrim Pride Corporation (PCC), do grupo brasileiro JBS.

“A Comissão Federal de Concorrência Econômica do México aprovou a aquisição sem restrições das operações mexicanas da Tyson Foods pela Pilgrim’s Pride Corporation, cujo acionista majoritário é a holding JBS USA”, revelou um comunicado divulgado nesta segunda-feira pelo grupo brasileiro, líder mundial em carne de bovina e de aves.

A aquisição, pelo valor de 400 milhões de dólares, compreende três unidades de transformação em sete centros de distribuição cujos ingressos anuais são estimados em 650 milhões de dólares, informou o texto.

“Esta aquisição permitirá à Pilgrim’s uma diversificação geográfica no México com a adição de novas unidades produtivas no norte do país, uma extensão da gama de PCC através de produtos de maior valor agregado (…) e o aumento das vendas no México”, acrescentou o comunicado.

Segundo o comunicado, a conclusão da compra deve acontecer nas próximas semanas.

A JBS Friboi, líder mundial de carne bovina, conquistou o primeiro lugar do setor avícola em 2013 depois de comprar várias empresas, entre elas a Seara, braço avícola da Marfrig, assim como a Frangosul, filial brasileira da francesa Doux.