Eike Batista vende jato por US$ 41 milhões; veja imagens

Em seus tempos áureos, Eike chegou a manter uma frota de seis aeronaves. Agora, só restou um helicóptero, segundo informações da revista VEJA

São Paulo – De acordo com a coluna Radar, da revista VEJA, Eike Batista vendeu seu jato Gulfstream 550 a um milionário chinês por 41 milhões de dólares.

No passado, o ex-homem mais rico do Brasil chegou a ter uma frota de seis jatos e helicópteros. Agora, só sobrou o helicóptero Agusta Grand, que, segundo informações publicadas na VEJA em setembro, também está à venda.

De acordo com informações do fabricante, o jato executivo que acaba de ser vendido é equipado com motores turbofan Rolls-Royce BR710 e tem um alcance de 12.501 km. A cabine tem quatro ambientes e capacidade para até 18 passageiros.

Veja um vídeo publicado em EXAME.com em 2011 (quando Eike ainda vivia seus tempos áureos) que mostra o interior da aeronave:

Nos últimos dois anos, Eike Batista, que já foi considerado o 7º homem mais rico do mundo, perdeu 60 bilhões de reais e, consequentemente, espaço no clube dos bilionários. 

Em outubro passado, a OGX, petroleira do grupo de empresas controlado por ele,  pediu recuperação judicial. No mesmo mês, ele deixou de controlar a mineradora MMX.

Antes disso, em agosto, ele também vendeu o controle da LLX, sua empresa de logística. Em novembro, foi a vez da OSX, companhia de construção naval, pedir recuperação judicial.