Italiana Avio compra brasileira Focaleng

A empresa carioca que presta serviço de manutenção para aviões da FAB teve faturamento de R$ 23 milhões em 2010; valor do negócio não foi revelado

Rio de Janeiro e Milão – O grupo italiano aeroespacial Avio anunciou nesta quarta-feira a compra da brasileira Focaleng, companhia especializada em manutenção, reparo e revisão de motores de aeronaves militares.

Sem revelar o valor do negócio, o vice-presidente de Comunicações da Avio, Andrea Gaudenzi, disse à Reuters se tratar de uma “pequena aquisição”, principalmente se levado em conta o faturamento, e disse que a compra da Focaleng é um “primeiro passo” da companhia italiana no Brasil.

De acordo com Gaudenzi, enquanto a Focaleng, sediada no Rio de Janeiro, tem receita de 23 milhões de reais, o grupo italiano registrou no ano passado faturamento de 1,75 bilhão de euros.

A Focaleng dá suporte a motores de aeronaves usadas pela Força Aérea Brasileira (FAB), incluindo o que impulsiona os caças F-5E/F Tiger. A Avio, que também atua no desenvolvimento de motores de aeronaves e no setor naval, é, desde 2208, responsável pela manutenção e suporte logístico dos motores Spey usados no avião brasileiro AM-X, projeto conjunto entre Brasil e Itália.

A aquisição da Focaleng pela Avio é a mais recente em um movimento de consolidação no setor brasileiro de defesa, que viu nos últimos meses a Embraer comprar o negócio de radares da Orbisat e a Odebrecht, que recém-anunciou a criação de uma empresa para atuar no setor, comprar o controle da fabricante de mísseis Mectron.

O executivo disse que a Avio não prevê anunciar novas compras de empresas brasileiras no curto prazo e que o objetivo principal da aquisição da Focaleng é intensificar o relacionamento da Avio com a FAB.

Sediada em Turim, a Avio está presente em quatro continentes e possui nove unidades industriais. Com 5,2 mil empregados, 4,5 mil deles na Itália, a empresa também atua em pesquisa e desenvolvimento com centros instalados em campi de universidades italianas.