IRB Brasil terá auditoria adicional em balanço para garantir transparência

As práticas contábeis da seguradora foram questionadas pela Squadra Investimentos, o que provocou fortes quedas das ações da empresa no Ibovespa

A seguradora IRB Brasil afirmou nesta segunda-feira que contratará auditoria adicional de seu balanço de 2019 por outra grande firma global do setor, como parte dos esforços para acalmar investidores em relação a práticas contábeis questionadas pela Squadra Investimentos, que provocaram uma derrocada da ações da empresa na bolsa paulista.

“Além do nosso auditor, a PwC, vamos ter outra das ‘big four’ auditando o balanço”, disse o vice-presidente financeiro e de relações com investidores da companhia, Fernando Passos, durante teleconferência com investidores.

Passos disse ainda que a empresa abrirá de forma detalhada informações em relação a pontos questionados pela Squadra em carta a investidores, que têm assustado o mercado e já fizeram a ação do IRB despencar mais de 20% em fevereiro.

Nesta sessão, a ação chegou a cair mais de 15% e reduzia a perda para 13,6% após a teleconferência.

Passos disse também que a companhia fará projeções de desempenho para 2020 das linhas de negócios que foram questionadas, assim como apresentar o histórico de desempenho dos últimos anos.

Na mesma teleconferência, o presidente-executivo da companhia, José Carlos Cardoso, afirmou que todo o IRB está indignado pelo fato das avaliações da companhia terem sido postas em xeque pela Squadra.