Brasil Beauté pode assumir controle da Água de Cheiro

Companhia formada por investidores brasileiros e americanos vai assumir gestão da rede de perfumaria

São Paulo – Os rumores de que a Água de Cheiro estava à procura de um sócio foram confirmados. Isso porque, segundo reportagem do Valor Econômico, desta quinta-feira, um grupo de investidores brasileiros e americanos, o Brasil Beauté, vai assumir a gestão da rede de perfumaria e pode também deter uma participação majoritária no negócio.

Em abril do ano passado, a revista EXAME já havia antecipado o interesse da rede em um sócio estrangeiro.

Na ocasião, Henrique Alves Pinto, dono da rede, chegou a declarar que o modelo ainda não estava definido e que poderia vender de 1% a 100% da empresa. “Se vier um sócio bacana oferecendo uma proposta legal, eu fecho”, disse ele à revista. 

A Água de Cheiro foi adquirida em 2009 por Henrique, fundador também da construtora Tenda, e, em três anos, teve rápida expansão, passando de 269 lojas para mais 850, mas a marca não é forte nesse mercado – liderado principalmente pela rede O Boticário.

De acordo com o Valor, os franqueados da Água de Cheiro já foram informados da operação, a rede também confirmou a entrada de um novo sócio. A companhia fatura cerca de 375 milhões por ano, tem mais de 860 lojas, sendo 80 próprias.