Intel fecha compra da Altera por US$ 16,7 bi, diz jornal

Segundo o The Wall Street Journal, o pagamento será feito em dinheiro e os acionistas da Altera devem receber cerca de 54 dólares por papel

São Paulo – A Intel acaba de fechar acordo para comprar a Altera por 16,7 bilhões de dólares, segundo o The Wall Street Journal. A negociação começou em março.

Enquanto a Intel é a maior fabricante de chips para computadores do mundo, a Altera faz os mesmos dispositivos para redes de telefonia e carros.

O pagamento será feito em dinheiro, conforme revelou o jornal, e os acionistas devem receber cerca de 54 dólares por papel. Em abril, a Altera havia rejeitado a proposta de aquisição por essa mesma quantia.

O preço é quase 56% mais alto do que o valor pelo qual as ações da Altera eram negociadas antes das especulações sobre a transação. Na última sexta-feira (29), elas fecharam a 48,85 dólares.

As duas empresas já são parceiras. Alguns chips de alta tecnologia desenhados pela Altera são produzidos em fábricas da Intel.

A indústria de semicondutores, no geral, anda aquecida. Na semana passada, a Avago Technologies anunciou que compraria a Broadcom por 37 bilhões de dólares.