Intel considera venda de negócios de cibersegurança, diz FT

A companhia informou em abril que planejava cortar até 12 mil empregos no mundo

Nova York – A fabricante de microprocessadores Intel está considerando a venda de seus negócios de cibersegurança, publicou o jornal Financial Times.

Segundo o jornal, a Intel tem conversado com assessores financeiros sobre as opções para a unidade Intel Security, conhecida anteriormente como McAfee e comprada pela companhia por 7,7 bilhões de dólares em 2011.

Um porta-voz da Intel não pode ser contatado de imediato para comentar o assunto.

A companhia informou em abril que planejava cortar até 12 mil empregos no mundo em estratégia para concentrar seus negócios na produção de chips para centrais de processamento de dados e dispositivos conectados à Internet.