Ibovespa ronda estabilidade nos primeiros negócios

Às 10h09, Ibovespa tinha valorização de 0,23%, a 50.952 pontos

São Paulo – São Paulo – A Bovespa subia nesta quarta-feira, com o cenário externo levemente otimista um dia antes do referendo sobre a permanência da Grã-Bretanha na União Europeia e investidores avaliando que o governo interino de Michel Temer tem indicado maior governabilidade.

Às 11h19, Ibovespa tinha valorização de 0,6%, a 51.102 pontos, após cinco altas consecutivas e em um pregão também mais positivo para commodities. O giro financeiro era de 1,3 bilhão de reais.

O otimismo sobre a possibilidade de permanência da Grã-Bretanha perdurava, com casas de apostas mostrando maiores chances de vitória da campanha pela permanência, embora pesquisas de opinião mostrem disputa acirrada.

O mercado também acompanhava mais um depoimento da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, após ela ter dado declarações cautelosas sobre a economia dos Estados Unidos na véspera, em que virtualmente descartou uma alta dos juros em julho, dando sustentação ao mercado.

No cenário doméstico, participantes do mercado destacavam mostras de força do governo interino de Michel Temer, após aprovação no Senado da Lei de Responsabilidade das Estatais.

“As últimas votações no Congresso mostram que Temer parece ter uma base forte. Resta saber se será o suficiente para passar reformas mais importantes”, disse a Elite Corretora, em nota.

Destaques

KROTON recuava 1% após subir mais de 8% em dois dias, enquanto ESTÁCIO perdia 0,6%. A Ser Educacional disse à Reuters estar disposta a rediscutir os termos de sua proposta de fusão com a Estácio. 

Em paralelo, o site da Revista Exame publicou que os empresários Chaim Zaher, segundo maior acionista e presidente-executivo interino da Estácio, e João Carlos Di Genio, fundador do grupo de educação Unip, estão discutindo uma fusão das redes de ensino.

GOL, fora do Ibovespa, subia 11%, com o mercado ainda repercutindo aprovação pela Câmara dos Deputados de projeto que retira o limite de participação de capital estrangeiro em aéreas brasileiras. 

O papel subia apesar da queda de 7,7% da demanda doméstica da companhia em maio, com redução de 6,3% da oferta.

VALE ganhava 3,8%, após alta dos preços do aço e do minério de ferro com melhora na demanda.

A companhia disse na terça-feira que segue em busca de uma “parceria estratégica” na área de fertilizantes, além de estudar alternativas de venda de ativos de minério de ferro para fortalecer seu balanço.

ELETROPAULO, fora do Ibovespa, ganhava 4,5% com a notícia de que a elétrica italiana Enel pretende fazer uma oferta pela distribuidora de energia elétrica caso o ativo seja ofertado, segundo afirmou a companhia na terça-feira.

ELETROBRAS subia 6,6%, com a informação de que Wilson Ferreira Jr, atual presidente da CPFL, que deixará a empresa em 1º de julho, será o novo presidente do grupo Eletrobras, segundo o jornal O Estado de S.Paulo. Ferreira Jr. é um técnico amplamente reconhecido pelo mercado.

PETROBRAS subia 2% nas preferenciais, com o petróleo voltando a superar o patamar de 50 dólares o barril.

Matéria atualizada às 12h09