Imax vai lançar sistemas de cinemas em casa na China

Fabricante de megatelas assinou um acordo para produzir home theaters de luxo no seu segundo maior mercado do mundo

Os novos ricos na China podem ficar mais perto de ter um cinema em casa após a fabricante de megatelas Imax ter assinado um acordo para produzir home theaters de luxo no segundo maior mercado do mundo para a companhia.

A empresa assinou uma joint venture com a chinesa TCL Multimedia Technology Holdings – executivo da Imax, Richard Gelfond, é a China.

“A China agora é o nosso segundo maior mercado do mundo, e nosso mercado que mais cresce”, afirmou Gelfond à Reuters nesta sexta-feira. “Gastamos muito tempo nos concentrando no mercado chinês.” A Imax deve 16 por cento de sua receita à China, e conta com 131 telas instaladas no país.

Como outras marcas globais, a Imax aposta no apetite chinês por experiências únicas e envolvendo bens de luxo, o que também está ajudando as vendas de varejistas como LVMH e Tiffany.

O número de milionários chineses subiu mais de 14 por cento no ano passado, para 643 mil pessoas, segundo levantamento da Capgemini e RBC Wealth Management. O país tem o quarto maior número de indivíduos de alto patrimônio líquido do mundo.