IBM apura lucro líquido de US$ 3,82 bi no 3º trimestre

A queda de 0,4% no resultado trimestral da IBM reflete uma retração maior do que a esperada pelo mercado na receita da empresa

Nova York – A IBM registrou lucro líquido de US$ 3,82 bilhões no terceiro trimestre deste ano, ligeiramente abaixo do lucro de US$ 3,84 bilhões no mesmo trimestre do ano passado. O lucro por ação da companhia aumentou para US$ 3,33, em comparação com US$ 3,19 há um ano. No after hours da Bolsa de Nova York, os papéis da IBM reagiram em queda de 3,46%, negociados a US$ 203,70, após fecharem o pregão regular em alta de 0,99%, a US$ 203,70.

A queda de 0,4% no resultado trimestral da IBM reflete uma retração maior do que a esperada pelo mercado na receita da empresa, com a unidade de hardware registrando um declínio de 13% nas vendas, completando quatro trimestres consecutivos de receita menor com sistemas e tecnologia. A unidade de software da IBM teve queda de 0,9%, enquanto os serviços de tecnologia tiveram redução de 3,9% nas receitas e os serviços corporativos perderam 6% em receitas.

A receita da IBM no terceiro trimestre recuou 5,4%, para US$ 24,75 bilhões, completando cinco trimestres seguidos de receitas abaixo do esperado.

A IBM tem se beneficiado de sua busca por margens mais elevadas, de negócios complexos e por se manter fora de áreas concorridas, em que as companhias podem disputar apenas os preços. Entretanto, as condições macroeconômicas, particularmente na Europa, podem estar gerando uma desaceleração nos gastos com tecnologia, afetando o desempenho da companhia. A receita também foi afetada mais recentemente por fatores cambiais contrários, que influenciaram negativamente o crescimento da receita em quase US$ 1 bilhão no último trimestre.

A empresa tem feito investimentos pesados nos mercados emergentes, o que ajudou a impulsionar os resultados nos últimos trimestres. Entretanto, no terceiro trimestre, a receita da IBM nesses mercados – que incluem Brasil, Rússia, Índia e China – recuou 1% e cresceu 4% ajustada pelo câmbio.

Nas Américas, maior mercado da IBM, a receita da companhia encolheu 4%, enquanto as vendas totais na Europa, Oriente Médio e África caíram 9% no terceiro trimestre. Na Ásia, a receita total da IBM cresceu 1%. As informações são da Dow Jones.