Iberia e British Airways executam fusão e criam IAG

A união das empresas criou a sexta maior companhia aérea do mundo

Madri – As companhias aéreas Iberia e British Airways inscreveram nesta sexta-feira no Registro Mercantil de Madri o contrato de sua fusão, operação que gera o nascimento da International Consolidated Airlines Group (IAG), informou a empresa espanhola à Comissão Nacional da Bolsa de Valores da Espanha.

Como resultado da execução da operação, a IAG aumentou seu capital em 927,68 milhões de euros mediante a emissão de 1,85 milhões de ações ordinárias, com um valor de 0,50 euro de valor nominal cada uma.

Está previsto que as ações da IAG sejam cotadas a partir da próxima segunda-feira nas bolsas de valores de Londres, Madri, Barcelona, Valência e Bilbao.

A IAG será a sexta maior companhia aérea do mundo em volume de negócios, contará com uma frota de 406 aviões que cobrirão 204 destinos e transportará cerca de 60 milhões de passageiros por ano.

Os acionistas da Iberia detêm 44% do capital da corporação, que contará com sede financeira em Londres e social em Madri, enquanto a British possui os outros 56% das ações.