IAG espera ter lucro operacional de 1,5 bilhão de euros em 2015

Segundo a companhia aérea, este valor será alcançado por meio de um aumento das sinergias, além de melhorias estruturais e crescimento orgânico

Londres – O International Airlines Group (IAG), formado pela fusão das companhias aéreas Iberia e British Airways (BA), tem como meta um lucro operacional de 1,5 bilhão de euros em 2015.

Em comunicado enviado nesta sexta-feira à Bolsa de Valores de Londres, o IAG apontou que este lucro será alcançado por meio de um aumento das sinergias anuais previstas, a partir do quinto ano, de 400 milhões de euros para 450 milhões de euros.

Além disso, haverá melhorias estruturais e um crescimento orgânico de 150 milhões de euros, especificou o grupo.

As áreas específicas identificadas pelo grupo para um desenvolvimento financeiro incluem a criação da Iberia Express e melhorias na atividade no aeroporto de Madri-Barajas.

O IAG promoverá um programa de investimentos de 1,1 bilhão de euros em 2011; 1,6 bilhão de euros em 2012; 2 bilhões em 2013; 1,35 bilhão em 2014 e 1,6 bilhão em 2015.

Além disso, o grupo espera um aumento da eficiência dos custos, através da incorporação de novas aeronaves à frota, um investimento próximo aos 250 milhões de euros.

Quanto às perspectivas para 2012, o IAG leva em conta o preço do combustível atual e espera que o custo unitário do combustível aumente em torno de 14%.

Na semana passada, o grupo informou que obteve um lucro de 327 milhões de euros nos nove primeiros meses do ano, frente aos 10 milhões que alcançou no mesmo período de 2010, quando ainda não havia realizado a fusão.