Hypermarcas vende divisão de camisinhas à Reckitt Benckiser

A Hypermarcas informou que seu Conselho de Administração aprovou acordo para venda de sua divisão de preservativos à britânica Reckitt Benckiser

São Paulo -A Hypermarcas informou nesta sexta-feira, 29, em fato relevante ao mercado, que firmou um contrato de compra e venda com a Reckitt Benckiser (Brasil) Ltda. (“RB”) e a Nances Holdings Ltda., subsidiária da Hypermarcas, para a venda de seu negócio de preservativos.

O valor da operação é de R$ 675 milhões, sendo que 20% foram pagos hoje e os 80% restantes serão quitados no fechamento da operação.

O negócio está sujeito a condições precedentes estabelecidas no contrato, como a aprovação pelos órgãos antitruste e a reorganização societária envolvendo a companhia para transferência do Negócio de Preservativos à Nances Holdings Ltda.

A justificativa para a venda do negócio é pela estratégia da Hypermarcas em focar no mercado farmacêutico. O negócio de preservativos, que inclui as marcas Jontex, Olla e Lovetex, gerou uma receita líquida de R$ 100,2 milhões em 2014 ou aproximadamente 2,1% da receita líquida da Hypermarcas no período.

Brainfarma e Neolatina

A Hypermarcas comunicou ainda que a sua subsidiária Brainfarma Indústria Química adquiriu ações da Neolatina Comércio e Indústria Farmacêutica, anteriormente detidas pelo Fundo de Investimento em Participações Toscana II e por Cleonice Barbosa Limírio Gonçalves.

A Brainfarma pagará R$ 60 milhões, em três parcelas de R$ 20 milhões, sendo que a primeira foi paga hoje. A segunda parcela é devida em 29 de julho de 2016 e a terceira em 29 de janeiro de 2017.

A aquisição entre partes relacionadas inclui uma fábrica e um terreno localizado em Anápolis, Goiás, conforme contrato celebrado em 23 de dezembro de 2015, diz comunicado desta sexta-feira.

Texto atualizado às 20h18