Hypermarcas muda guidance para 2011

Empresa possuirá como guidance o valor nominal de seu ebitda; expectativa é que o montante seja superior a 1,0 bilhão de reais

São Paulo – A Hypermarcas mudou sua previsão de investimentos para 2011. A empresa vai usar como guidance o valor nominal do ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) – ela espera que o valor seja superior a 1,0 bilhão de reais nesse ano. 

As projeções referentes a crescimento orgânico (SBS ou crescimento das mesmas marcas) e margem ebitda não serão mais utilizadas. A empresa explicou, em comunicado ao mercado, que, em decorrência de maior foco em 2011 na consolidação e estabilização dos negócios adquiridos até o momento e de redução no ritmo de aquisições, ela utilizará o reference base do ano de 2010 como uma melhor referencia para os resultados ao longo do ano de 2011. 

Nos três meses até março, a empresa obteve ebitda de 214,7 milhões de reais, ante 169,1 milhões no mesmo intervalo em 2010. A margem passou de 26,1% para 25,4%. A Hypermarcas encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de 32,9 milhões de reais, comparado a ganho de 55,2 milhões obtido no mesmo período de 2010. A queda é de 40,3%. O resultado foi pressionado por um aumento de despesas operacionais decorrente das aquisições realizadas no último ano. O lucro líquido caixa, que inclui eventos não recorrentes, foi de 123,1 milhões de reais – uma queda se comparado aos 126 milhões de reais de um ano antes.