HSBC reverte lucro e tem prejuízo de US$ 1,33 bi no 4º tri

Em todo o ano de 2015, o HSBC teve lucro líquido de US$ 13,52 bilhões, um pouco abaixo do ganho de US$ 13,69 bilhões verificado em 2014

Londres – O banco britânico HSBC divulgou hoje que teve prejuízo líquido de US$ 1,33 bilhão no quarto trimestre de 2015, revertendo o lucro de US$ 511 milhões obtido em igual período do ano anterior.

O resultado alimenta a preocupação de investidores de que a desaceleração econômica da Ásia possa impulsionar o volume de empréstimos inadimplentes e reduzir a receita do HSBC e de concorrentes, como o Standard Chartered.

Na semana passada, o HSBC reiterou planos de crescer na China e na Ásia de modo geral, apesar da decisão de manter sua sede em Londres.

Em todo o ano de 2015, o HSBC teve lucro líquido de US$ 13,52 bilhões, um pouco abaixo do ganho de US$ 13,69 bilhões verificado em 2014. A receita caiu para US$ 59,8 bilhões no ano passado, de US$ 61,25 bilhões.

Por outro lado, o lucro antes de impostos do HSBC avançou 1% em 2015, a US$ 18,87 bilhões. Os custos de reestruturação totalizaram US$ 117 milhões no ano passado.

Sob o comando do executivo-chefe Stuart Gulliver, o HSBC vem tentando melhorar seu desempenho por meio da venda de ativos em certos países e da saída de negócios com baixo retorno. No ano passado, o HSBC vendeu suas operações no Brasil ao Bradesco.

O HSBC também informou que irá pagar dividendo de US$ 0,21 por ação referente ao quarto trimestre.