HSBC amplia lucro antes de impostos em 2018, mas resultado decepciona

Resultado do banco cresceu 16% em comparação com ano anterior e foi de US$ 19,89 bilhões

São Paulo – O HSBC, maior banco da Europa, divulgou hoje que teve lucro antes de impostos de US$ 19,89 bilhões em 2018, 16% maior que o do ano anterior. O resultado, porém, ficou abaixo das expectativas de 10 analistas consultados pela FactSet, que previam ganho anual de US$ 21,41 bilhões.

A receita do HSBC, que tem sede em Londres, subiu de US$ 51,45 bilhões em 2017 para US$ 53,78 bilhões no ano passado, enquanto o lucro líquido avançou de US$ 9,68 bilhões para US$ 12,61 bilhões.

O HSBC passou por uma grande reestruturação desde 2011, deixando a maior parte da América Latina e ampliando foco na Ásia. O banco está sujeito a enfrentar dificuldades com a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, dentro do processo conhecido como “Brexit”. Reino Unido e Hong Kong são os dois principais mercados do HSBC.

As ações do HSBC negociadas na Bolsa de Hong Kong, que subiam na metade do pregão, passaram a cair após a divulgação do balanço. Por volta das 4h35 (de Brasília), o papel tinha queda de cerca de 1,5%. Com informações da Dow Jones Newswires.