Hotel Urbano pode dar lucro ainda neste ano, diz fundador

A agência de viagens online que foi o maior destino de financiamento de capital de risco em 2014 está perto de gerar seu primeiro lucro

Rio de Janeiro – A Hotel Urbano, agência de viagens on-line que foi o maior destino de financiamento de capital de risco no Brasil no ano passado, está próxima de gerar seu primeiro lucro, segundo um de seus fundadores.

A empresa espera gerar lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização em 2015, disse o fundador José Eduardo Mendes, em entrevista no escritório da empresa, no Rio de Janeiro, na semana passada.

Ele preferiu não fornecer projeções absolutas, citando acordos de confidencialidades com os investidores.

“Cada vez mais a gente entende que temos parafusos a apertar”, diz Mendes. “O grande foco desse ano de fato é tornar a empresa rentável. A gente está focando muito em rentabilidade e não somente em novos nichos de negócios, mas em melhorar nosso pão com manteiga”.

A Hotel Urbano é um exemplo do ambiente próspero dos empreendedores da internet no Brasil que começaram a atrair investimentos de firmas de capital de risco dos EUA.

Os empreendedores locais estão apostando que podem se sair melhor que as concorrentes internacionais em um mercado com diversas peculiaridades de consumo — incluindo uma propensão a pagar tudo, desde a compra de aparelhos eletrônicos até a conta do supermercado, em parcelas.

As firmas de capital de risco quadruplicaram os investimentos no país no ano passado e a Hotel Urbano abocanhou a maior fatia do setor, de US$ 52 milhões, segundo a Associação de Private Equity para Mercados Emergentes.

Os investimentos foram liderados pela Insight Venture Partners e pela Tiger Global Management, que estiveram entre os primeiros investidores de empresas como Twitter Inc. e Facebook Inc.

Mendes, 32, disse que a empresa brasileira de reserva de hotéis atualmente tem os olhos voltados para a expansão na América Latina, para mercados como Colômbia, Chile e México.

Ela também está testando um negócio semelhante ao do Airbnb Inc., de aluguel de residências privadas para viajantes, com o anúncio, no mês passado, de um investimento de R$ 5 milhões (US$ 1,57 milhão) no Voltem.com.

Mendes disse que a empresa está mirando uma oferta pública inicial em 2017. A empresa também poderá, mais cedo ou mais tarde, buscar um sócio estratégico, disse ele, citando o “bom relacionamento” com a Expedia Inc. e com a Priceline Group Inc.