Grupo Pão de Açúcar aprova emissão de R$900 mi em debêntures

Emissão servirá para reforço de capital de giro das atividades da companhia relacionadas ao agronegócio

São Paulo – O Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar (GPA) aprovou a emissão de 900 milhões de reais em debêntures para reforço de capital de giro das atividades da companhia relacionadas ao agronegócio.

Em ata de reunião divulgada ao mercado nesta quarta-feira, a maior varejista do país informou que essas atividades contemplam “negócios celebrados entre a empresa e produtores rurais, ou suas cooperativas, relacionados com a produção, comercialização, beneficiamento ou industrialização de produtos ou insumos agropecuários, especificamente relativos a frutas, verduras, legumes, laticínios, aves e carnes”.

Segundo o GPA, a destinação dos recursos visa permitir que as debêntures sejam elegíveis para lastrear futura emissão de Letras Comerciais do Agronegócio.

A operação, envolvendo 900 mil títulos de 1 mil reais cada, é a 12a emissão de debêntures do GPA e foi marcada para 12 de setembro. As debêntures serão objeto de distribuição pública com esforços restritos de colocação.

No documento, o GPA também informou que os títulos terão prazo de vigência de 60 meses, com vencimento em setembro de 2019 e remuneração paga semestralmente, correspondente a 107 por cento da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI) de um dia, base 252 dias úteis.