Grupo francês Limagrain construirá fábrica no Brasil

A usina, que empregará 50 trabalhadores, produzirá bioplástico

Clermont-Ferrand – O grupo francês Limagrain iniciou a construção no Brasil de uma fábrica de bioplástico, o “biolice”, anunciou nesta segunda-feira Walter Lopez, diretor de projeto da Limagrain.

Limagrain, que tem sede em Chappes (Puy-de-Dôme, centro da França), prevê a inauguração de sua primeira fábrica no Brasil – de 2.000 metros quadrados – dentro de um ano, com uma capacidade anual de produção de 8.000 toneladas.

A usina empregará 50 trabalhadores. O valor do investimento não foi revelado.

O “biolice” é um polímero a partir de farinha de milho que serve para fabricar bolsas de plástico 100% biodegradáveis, segundo Lopez.

A fábrica está sendo construída em Pato Branco, no estado do Paraná.

“Nossa ambição com o ‘biolice’ é virar um importante ator mundial no setor dos plásticos biodegradáveis” disse Damien Bourgarel, diretor do setor de ingredientes cereais da Limagrain.

O grupo Limagrain tem volume de negócios anual de 1,5 bilhão de euros e emprega, em 38 países, mais de 7.200 pessoas, incluindo 1.400 pesquisadores.