Grupo Abril assume o controle acionário da Elemidia

Com o negócio, o Grupo Abril adquire 70% da empresa, que está presente em 16 estados brasileiros, além de Buenos Aires, na Argentina

São Paulo – O Grupo Abril (que também publica a revista EXAME) anuncia nesta data a aquisição de 70% da Elemidia, líder brasileira em mídia digital out of home, com crescente presença na América Latina. Os outros 30% permanecem com a família Forjaz, fundadora da empresa, além de alguns executivos que já atuam no negócio.

Ao assumir o controle da Elemidia, o Grupo Abril amplia seus negócios dentro do core business e inaugura uma nova fase de conteúdo em mídia digital out of home. Para Giancarlo Civita, presidente executivo do Grupo Abril, o objetivo é reforçar o negócio iniciado pela família Forjaz, aliando o empenho permanente da Abril pela difusão da informação, cultura e entretenimento. “Ao investir na Elemidia, passamos a ter mais um canal importante de distribuição de conteúdo, totalmente em sinergia com as diretrizes e os valores da Abril,” afirma.

A nova fase da Elemidia terá Felipe Forjaz, um dos membros da família fundadora, como CEO. A empresa ainda será composta por um board, que terá como presidente Giancarlo Civita. Ricardo Marques, co-fundador da Elemidia, também irá integrar o conselho diretivo. 

Para Felipe Forjaz, a intenção com a associação é levar a Elemidia a outro patamar e com isso alavancar ainda mais os negócios. “A Elemidia e suas franquias serão imensamente beneficiadas com a entrada do Grupo Abril, que definirá o conteúdo editorial da Rede. Nesse momento temos que valorizar e celebrar a entrada de um sócio estratégico em troca de um investidor. Ficamos ainda mais felizes por se tratar de uma empresa brasileira e de grande credibilidade no mercado”, afirma.

A Elemidia foi criada em 2003 e hoje está presente em 16 estados brasileiros, além de Buenos Aires, na Argentina.  Reúne cerca de 5.700 monitores instalados em mais de 1.600 estabelecimentos comerciais, impactando mais de 14 milhões de pessoas diferentes por semana. A Elemidia tinha como sócio desde 2006 o fundo de investimentos Tiger Global. Com a transação, o fundo sai da operação. O Tiger foi assessorado pelo Banco de Investimento Morgan Stanley.
 


A transação com a Elemidia é o terceiro movimento societário envolvendo o Grupo Abril, ou seus acionistas majoritários, em pouco mais de dois meses. No começo de julho, a Abril Educação, controlada pela família Civita, adquiriu o Anglo. O negócio envolveu o Anglo Sistema de Ensino, o Anglo Vestibulares e a SIGA, empresa focada na preparação para concursos públicos. 

No mês passado, a Abril Educação anunciou um aporte de capital de 226 milhões de reais provenientes dos fundos BR Educacional FIP (“BR Educacional”) e FIP Brasil de Governança Corporativa (“FIP Brasil”), ambos geridos pelo BR Investimentos. O aporte representou uma participação minoritária na empresa.
 
Leia mais sobre aquisições

Acompanhe as notícias de Negócios do site EXAME no Twitter