GPA vai expandir integração de loja com internet em SP

Além da retirada em loja física, Grupo Pão de Açúcar testa o uso de "lockers", armários nos quais os clientes podem ir buscar produtos comprados na internet

Atibaia – O vice-presidente de Infraestrutura e Desenvolvimento Estratégico do Grupo Pão de Açúcar (GPA), Peter Estermann, afirmou nesta quarta-feira, 17, que a companhia está pronta para expandir em São Paulo um dos projetos de integração de suas operações de comércio eletrônico, a retirada de produtos comprados online nas lojas físicas do Extra.

Durante a convenção da Associação Brasileira de Supermercados em Atibaia, Esterman afirmou que hoje a retirada de produtos em lojas físicas já acontece em dez lojas do Extra num projeto piloto.

“Estamos prontos para fazer o ‘roll out’ para todas as lojas de hipermercado, inicialmente em São Paulo”, declarou.

O processo de integração entre comércio eletrônico e lojas físicas no GPA vem sendo acompanhado de perto por analistas por representar uma oportunidade de aumento de rentabilidade na companhia.

A operação de comércio eletrônico do GPA, a Nova Pontocom, recentemente foi unida ao Cdiscount para a criação da Cnova, companhia que prepara uma abertura de capital nos Estados Unidos.

Além da retirada em loja física, o GPA também testa o uso de “lockers”, armários nos quais os clientes podem ir buscar produtos comprados na internet.

Este projeto piloto atualmente contempla cinco pontos de retirada, disse Estermann.