Governo investiga Claro, Oi, TIM e Vivo

As investigações são por supostas infrações ao Código de Defesa do Consumidor

Brasília – O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, instaurou processos administrativos contra as operadoras de telefonia Claro, Oi Telefônica, TIM Brasil Serviços e Participações e Telefônica Vivo Brasil para investigar supostas infrações ao Código de Defesa do Consumidor.

As empresas foram notificadas por meio de despachos publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 28. Os documentos não descrevem as condutas irregulares que as operadoras teriam praticado, mas o DPDC deve divulgar ainda hoje o teor das denúncias. As empresas têm 10 dias para apresentar defesa.